quarta-feira, 18 de julho de 2012

Ordem de Leopoldo (Bélgica)

Ordre de Léopold



A Ordem de Leopoldo é uma das três atuais Ordens de Cavalaria da Bélgica. É a mais alta das condecorações belgas e a sua designação é em honra de Leopoldo I da Bélgica. É uma ordem abrangente que homenageia militares, marinha mercante e civis. A Ordem foi criada em 11 de Julho de 1832 e é atribuída por atos de bravura em combate ou por serviços distintos prestados em prol da nação belga. A Ordem de Leopoldo é atribuída por Decreto Real.

O ‘’fons honorum’’ é o rei da Bélgica Alberto II e o título está reservado para os cidadãos belgas mais importantes e para alguns estrangeiros que, de alguma forma, contribuíram para o estado belga. Duas vezes por ano, a 8 de Abril (aniversário do rei) e a 15 de Novembro (dia da Dinastia Belga), é realizada a entrega das condecorações.
 
Classes

A Ordem de Leopoldo é composta por cinco classes:
  • Grande Cordão ('Grootlint'), a insígnia é usada num emblema num colar, ou numa faixa no ombro direito, e uma estrela no lado esquerdo do peito;
  • Grande Oficial ('Grootofficier'), a insígnia é usada ao pescoço, e uma estrela no lado esquerdo do peito (criada em 31 de Dezembro de 1838);
  • Comendador ('Commandeur'), a insígnia é usada ao pescoço;
  • Oficial ('Officier'), o emblema é usado numa fita com uma roseta, no lado esquerdo do peito;
  • Cavaleiro ('Chevalier/Ridder'), o emblema é usado numa fita, no lado esquerdo do peito.

As cinco classes encontram-se divididas por três categorias: civil, militar, marítima.

Apenas o rei pode ser designado por Grão-Mestre ('Grootmeester'). O Grande Cordão está reservado para famílias reais nacionais e estrangeiras, chefes de estado, ministros belgas de carreira e ex-primeiros-ministros, generais de três estrelas e funcionários civis de longa carreira.

Ordem de Leopoldo na categoria Militar

Esta Ordem (com espadas cruzadas sob a coroa), é entregue a pessoal militar tendo por base o número de anos de serviço, incluído metade do tempo da recruta.
  • Grande Oficial: atribuído a Tenentes-Generais com pelo menos dois anos no posto;
  • Comendador: atribuído a militares com pelo menos 35 anos de carreira como Oficial Superior;
  • Oficial: atribuído após 28 anos de serviço, e no posto de Major como limite mínimo;
  • Cavaleiro: atribuído após 20 anos de serviço, e no posto de Capitão como limite mínimo, e após 40 anos de serviço para oficiais fora de carreira;
A Ordem de Leopoldo por vezes é atribuída a militares que não estão dentro das regras anteriores, mas que desempenharam serviços distintos ao Rei.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Ordem de Leopoldo foi atribuída a vários oficiais estrangeiros que ajudaram a libertar a Bélgica da ocupação alemã. De entre eles, destaque-se George S. Patton, Bernard Montgomery, Dwight D. Eisenhower e Wesley Clark. A medalha também foi entregue a Josip Broz Tito em 1970.

Ordem de Leopoldo na categoria Marítima

Esta Ordem (com âncoras cruzadas sob a coroa), é entregue a pessoal da marinha mercante; o pessoal da marinha belga são condecorados com a categoria militar. Atualmente (2011) , são raros os homenageados nesta categoria.
Raro modelo da Marinha (modelo pré 1951)

A Insígnia

Após 1951 a Ordem de Leopold foi modificada, recebendo nas inscrições em Francês e Holandês. Da sua criação até 1950 a Ordem só havia inscrições em Francês.

A Ordem é de ouro, com 1 coroas, 1 monogramas “LR” (de "Leopoldus Rex", (Rei Leopoldo), e 1 leão. O emblema da Ordem é uma Cruz de Malta branca/esmalte em prata para a classe de Cavaleiro, e em ouro para as classes mais altas, envolta por folhas de louro e carvalho em verde/esmalte entre os braços da cruz.

A face do disco central é composta por um leão em fundo preto-esmalte; o reverso tem o monograma "LR"; ambos os discos estão rodeados por um anel vermelho-esmalte com o lema L'union fait la force em francês, ou Eendracht maakt macht em holandês (A União Faz a Força). A cruz tem por cima uma coroa, e por baixo pode ter espadas cruzadas, para os militares, ou âncoras cruzadas, no caso dos marítimos. A cruz para os civis não tem adereços.

A placa da Ordem é uma estrela em prata de oito pontas para a classe do Grande Cordão; e uma de prata Cruz Maltesa com raios entre os seus braços, para a classe de Grande Oficial. O disco central tem um leão em fundo negro-esmalte, rodeado por um anel em vermelho-esmalte com o lema igual ao do emblema, o medalhão pode ter por trás espadas, ou âncoras, douradas e cruzadas.

A fita da Ordem é, habitualmente, lisa e de cor púrpura. No entanto, se a Ordem é atribuída em circunstâncias especiais, a fita das classes de Oficial e Cavaleiro, podem ter as seguintes variações:

Podem ser adicionadas espadas cruzadas se a Ordem for entregue em tempo de Guerra (se a Ordem fosse entregue durante a Segunda Guerra Mundial ou durante a Guerra da Coreia, incluiria uma pequena barra com o nome dessa guerra);
Se a Ordem fosse entregue por algum ato de valor distinto em tempo de guerra, a fita teria um contorno vertical em ouro;
Se a Ordem fosse entregue por algum ato de mérito excepcional em tempo de guerra, a fita teria uma risca vertical em ouro;
Se a Ordem fosse atribuída por algum ato de mérito de caridade, a fita teria uma estrela de prata;
Se o homenageado tivesse sido mencionado num documento oficial a nível nacional, a fita teria uma estrela de ouro;
Se a Ordem fosse atribuída, em tempo de guerra, a militares, a insígnia teria folhas de palma em prata ou ouro.

Estrelas e contornos ou riscas podem ser atribuídas conjuntamente; no entanto, estas variações só muito raramente são incluídas nas condecorações. A cor da fita sofreu alterações durante o século XIX de vermelho para púrpura.
Distinção para Ordem de Leopold na Primeira Guerra Mundial  
Em conexão com a 1ª guerra, alguns atributos ou fitas especiais irão surgir:
- 1915: quando serão concedidos por atos de guerra com Menção em expedições do Exército, a fita é decorado com uma palma (prata para os cavaleiros, e outras classes) o monograma "A" (King Albert).
 
- 1919: criação de fitas especiais (parece que a medida nunca foi aplicada para a Ordem da Estrela Africana e Real Ordem dos Leões):
  • Com bordas em ouro para a guerra serviço distintos  (mais estrela de ouro, se o proprietário foi citado na menções nos despachos das forças armadas)
  • Com faixa central de ouro por serviços especiais prestados durante a guerra (mais estrela de ouro, se o proprietário foi citado nos despachos das forças armadas).
- 1939: criação de um distintivo especial (espadas cruzadas sobre a fita ) para homenagear os veteranos da Guerra de 1914-18.

 Modelo Militar (monolingue pré 1951), com espadas na Fita.
 indicada para veteranos da 1ª Guerra Mundial

 Ordem de Leopoldo (modelo monolingue pré-1951), 
Cruz de Cavaleiro,  Fita faixa de ouro central.


 Ordem de Leopoldo modelo civil (modelo monolingue pré-1951), 
Cruz de Cavaleiro, Fita duas faixas de ouro.

Fontes e Imagens: Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...